Dermatite: o que é e como cuidar

Dermatite: o que é e como cuidar

Algumas doenças de pele são um tabu, por serem vistas pela população como contagiosas, seja por conta da cultura ou por falta de informação.

Criamos esse post visando desmitificar a doença e trazer todas as informações que você precisa para entender mais sobre esse problema crônico. Confira:

1.     O QUE É DERMATITE ATÓPICA?

Antes de mais nada, é preciso explicar o que é a Dermatite Atópica. É um dos tipos mais comuns de alergia cutânea não contagiosa caracterizada por eczema atópico. É uma doença genética, crônica e que apresenta pele seca, erupções que coçam e crostas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse problema crônico atinge 7% da população adulta e 25% das crianças no Brasil.

A dermatite atópica não é contagiosa, portanto não há riscos de transmissão, não passa de um indivíduo para outro.

O desconhecimento sobre essa característica impacta diretamente na vida social dos adultos e principalmente das crianças - que não conseguem conviver com outras crianças, fazer atividades em grupo e têm dificuldade de levar uma vida normal.

2.     EU POSSO TER DERMATITE?

Você pode ter dermatite atópica, caso exista um histórico familiar de alergia, apresente manchas crespas e avermelhadas em qualquer parte do corpo que coçam muito.

A dermatite pode acontecer em qualquer idade, embora seja mais comum em crianças. Nas pequenas, as erupções acontecem com maior frequência no rosto, e a medida que crescem, as regiões mais acometidas são dobras dos cotovelos e atrás dos joelhos. A dermatite atópica pode também vir acompanhada de asma ou rinite alérgica, porém, com manifestação clínica variável.

São vários os fatores que causam crises:

  • Contato com materiais ásperos
  • Alergia a pólen
  • Alergia a mofo
  • Detergentes e produtos de limpeza em geral
  • Roupas de lã e tecidos sintéticos
  • Choques térmicos
  • Infecções
  • Alguns alimentos
  • Stress
  • Exposição a irritantes ambientais
  • Fragrâncias ou corantes adicionados a loções ou sabonetes
  • Baixa umidade do ar
  • Frio intenso
  • Calor e transpiração

 

3.     QUAIS OS SINTOMAS DA DERMATITE?

A dermatite atópica é caracterizada pela ausência da barreira de proteção da pele, o que provoca uma perda de água frequente. Por isso deixa a pele muito seca com prurido grande que leva a ferimentos, além de outros sintomas, como:

  • Irritação
  •  Coceira
  • Áreas esfoladas por coceira
  • Alterações na cor
  • Vermelhidão
  • Inflamação da pele ao redor das bolhas
  • Áreas espessas ou parecidas com couro

 A inflamação costuma ir e voltar, tendo intervalos de meses ou até anos, entre uma crise e outra. O eczema pode provocar comichão intensa, e o ato de coçar a lesão pode deixá-la ainda mais irritada e pruriginosa. O ato de cravar as unhas na pele pode levar a lesões da pele através desse atrito, o que facilita a invasão e contaminação das feridas por bactérias.

4.     A DERMATITE TEM FASES?

Sim, a dermatite pode ser dividida em três estágios: 

 

·         Fase infantil (3 meses a 2 anos de idade)
·         Fase pré-puberal (2 a 12 anos de idade)
·         Fase adulta (a partir de 12 anos de idade)

5.     COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?

Após colher sua história clínica, o médico observará o local e aspecto das lesões.  Ele poderá solicitar testes alérgicos e exames de sangue para identificar o problema.

6.     COMO É FEITO O TRATAMENTO?

O objetivo do tratamento da dermatite atópica visa o controle da coceira, a redução da inflamação da pele e a prevenção das recorrências.

O médico - é essencial e imprescindível ir a um médico - deverá receitar remédios anti-histamínicos e, em casos mais graves, corticosteroides, para reduzir a irritação.

Por conta da pele, muito irritada, a base do tratamento é o uso de hidratantes, pois é necessária para aliviar o eczema.

Você deverá também fortalecer a barreira da pele, evitando o contato com:

  • Pólen
  • Sabonetes com perfume
  • Produtos de limpeza doméstica
  • Tabaco
  • Banhos quentes (pois a água quente resseca ainda mais a pele)

 

7.   ONDE FAZER O TRATAMENTO?

Na CLIVALEMAIS, você consegue realizar sua consulta com alergologistas especialistas e parceiros com comodidade, praticidade e pertinho de você.

Saiba mais e agende já sua consulta: https://bit.ly/2RDGMkw

E MAIS: VOCÊ JÁ CONHECE O CHAPP?

O CHAPP é um aplicativo feito para você, que deseja cuidar da sua saúde com praticidade e conforto, tudo isso com o melhor atendimento médico e até 70% de desconto em consultas e exames particulares!

Clique aqui e saiba mais.
Time de alergologia da CLIVALEMAIS.